Ninguém vai saber
Beleza não é ter um cabelo longo, pernas finas, pele bronzeada e dentes perfeitos. Acredite em mim. Beleza é o rosto de quem chorava e agora sorri. Beleza, é a cicatriz no seu joelho que você tem desde aquela vez que você caiu quando era criança, beleza é quando o amor não te deixa dormir de noite, beleza é a expressão no seu rosto quando o despertador toca de manhã. É a maquiagem borrada quando você toma banho, é a gargalhada de quando você conta uma piada e só você entende. Beleza é encontrar o seu olhar e ficar sem rumo, beleza é o seu olhar quando eu olho para ele, é quando você chora por suas paranoias, são as linhas de expressão marcadas pelo tempo. Beleza é o que a gente sente por dentro e que também reflete por fora. Beleza são as marcas que a vida nos deixa, todos os chutes e caricias que as memórias nos dão. Beleza, é se deixar viver.
Emma Watson.  (via enoitecer)
Descansar em Deus não é sentar em uma cadeira à beira do mar e tomar água-de-coco enquanto observa o pôr-do-sol. A verdade é que descansar em Deus é colocar a sua ansiedade sentada tomando água-de-coco e observando o pôr-do-sol.
R. Martins (via holy-love)
Nunca diga ”te amo” se não te interessa. Nunca fale sobre sentimentos se estes não existem. Nunca toque numa vida se pretende romper um coração. Nunca olhe nos olhos de alguém se não quiser vê-lo se derramar em lágrimas por causa de ti. A coisa mais cruel que alguém pode fazer é permitir que alguém se apaixone por você quando você não pretende fazer o mesmo.
Mario Quintana. (via palavrismo)
Claro que eu vou te machucar. Claro que você vai me machucar. É claro que vamos machucar uns aos outros. Mas esta é a própria condição de existência. Para se tornar primavera, significa aceitar o risco de inverno. Para tornar-se presença, significa aceitar o risco de ausência.
O Pequeno Príncipe.  (via palavrismo)
Tá cedo, eu digo. Não vai embora, não. Eu prometo que paro de rir de tudo o que você diz e tento te amar um pouco menos. Prometo com os dedos cruzados, mas prometo. Tudo bem, eu sei que eu sou a coisa mais difícil com que você já teve que lidar nessa vida, mas se você ficar, eu juro que resolvo algumas questões pra você. Ou deixo de ser uma pergunta. Obrigo as minhas mãos a pararem de suar de nervosismo quando estivermos juntos, eu prometo que obrigo. E você nem vai sentir meu coração batendo a todo vapor quando encostar sua cabeça pra dormir em cima do meu peito. Eu sei que o amor é um tiro no escuro, e que antes de qualquer coisa eu tenho medo, mas eu prometo, meu amor, qualquer coisa que você queira. Eu prometo.
Lunara. (via inverbos)
O problema é que as pessoas dizem “eu te amo” mas esquecem daquele bilhetinho de “bom dia”, daquela mensagem de “boa noite, estou com saudade”, esquecem de perguntar se você está bem, assim sabe, só por perguntar mesmo. Esquecem do abraço sem pretexto, do presente fora de época, esquecem de dar atenção nos detalhes e isso, faz com que esse “eu te amo” perca o valor. Por que o amor não se alimenta de palavras, se alimenta de atitudes.
Pedro Bial.  (via inverbos)
Eu só quero que você precise da minha presença, que sinta saudade da minha voz e do cheiro do meu pescoço no final do dia. Quero você pra compartilhar segredos, dividir fantasias e todo o amor do mundo. Quero que você fique do meu lado mesmo eu te mandando ir. Quero renovar a nossa relação todos os dias, quero brigar e fazer as pazes depois de cinco minutos, quero passar a madrugada inteira conversando baixinho e percebendo o quanto a gente é melhor assim, juntinho. Quero que você aprenda a reinventar a mesmice quando a rotina nos dominar, quero que você olhe nos meus olhos e pense: é ela.
Giulia Mainardi. (via enoitecer)
Você me chamou pra dançar aquele dia, mas eu nunca sei rodar. Cada vez que eu girava, parecia que a minha perna sucumbia de agonia. Em cada passo que eu dava nessa dança ia perdendo a esperança. Você sacou a minha esquizofrenia e maneirou na condução. Toda vez que eu errava “cê” dizia pra eu me soltar porque você me conduzia. Mesmo sem jeito eu fui topando essa parada e no final achei tranquilo. Só sei dançar com você. Isso é o que o amor faz.
Tulipa Ruiz. (via oxigenio-dapalavra)
Eu sou assim, eu vou sumir quando você menos esperar, eu vou surtar com você, vou querer que você sinta medo, orgulho, paixão, tesão, fome de mim. Eu vou ter as vontades mais loucas, eu vou sentir inveja até da sua sombra por estar perto de você de dia, e do seu travesseiro por estar com você a noite. Eu vou aparecer só pra você me perceber, eu vou sumir e aparecer milhões de vezes pra você me notar. Eu vou ter sede da sua atenção, eu vou querer o seu “mas eu te amo” quando eu disser “eu te odeio, e não quero mais te ver por aqui”, eu vou querer um beijo roubado no meio daquela briga, eu vou querer seus elogios quando o espelho estiver de mal comigo, eu vou querer sua sinceridade quando for necessário, e a sua doce mentira quando minha vaidade precisar, eu vou querer surpresas no meio do dia, ligações inesperadas, eu vou respirar você, eu vou amar você.
Tati Bernardi.  (via enoitecer)
Você pode iludir-se com amores e continuar bem, pode bater o carro e sair ileso, pode tocar o fogo e curar-se, pode perder dinheiro e recuperá-lo, mas com a morte é diferente, ela te muda por completo. A saudade se contorce no peito e nada do que você faça mudará os fatos, talvez você não chore nos primeiros dias, talvez você não sinta nas primeiras semanas, mas quando a realidade bate na sua porta, você atende com pressa e não há ninguém do outro lado. A saudade é uma carta que jamais será recebida, um sorriso não devolvido, palavras que já não acertam a alma, um caminhar solitário e perdido em meio à um deserto de areia humana. A morte nos muda fatalmente, pessoas que a viram de frente conhecem a utopia, conhecem a verdade. Quando perguntamos como essas pessoas estão, elas sempre responderão que estão bem, mesmo que se sintam em migalhas. Quando você enxerga a morte, deixa de olhar para trás e seus passos serão sempre mais lentos, pouco importará o que acontece no mundo lá fora. Quero dizer, quando você sabe que a coisa está lá, que ela é real, quando você sabe que existe o fim, tudo parece um pouco insano. Talvez você saiba o que é ficar dias sem comer e noites sem dormir, talvez você saiba o que é o desespero, o vazio, o frio, a solidão, as madrugadas que parecem intermináveis, etc. talvez você saiba o que é acordar todos os dias esperando por pessoas que não irão voltar. A felicidade torna-se relativa, e às vezes inversa. Se esconda nas sombras, muitos te chamariam de louco e isso tem que parecer terrível, muitos não irão entender a beleza que se esconde atrás de um olhar cansado. Agora me abrace com força enquanto aprecio o medo em seus olhos, eu também à vi de frente e não havia pra onde correr, era encará-la ou entregar o jogo, mas eu joguei, joguei até com a minha própria vida, não deixem que te façam acreditar que é ruim, a loucura nos faz superar.
Sean Wilhelm. (via enoitecer)